Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

Eu quando li os livros da Patrícia queria ser detective ou advogada

19.01.16, P.

Somos todos pró-constituição quando a decisão é de acordo com o que julgamos justo, certo? Nesse caso "temos pena, é inconstitucional, há que corrigir e aguentar" ou "toma lá que é para aprenderes".

Caso decidam contra a nossa opinião pessoal são todos "uns cabrões", certo?

(Somos todos juízes de bancada e coerentes como de costume)

4 comentários

  • Imagem de perfil

    P.

    20.01.16

    Lá está. Mas tu até tens conhecimento suficiente para ser treinador de bancada. Eu e a maioria das pessoas que está muito ofendida não tem (ou então sou eu que burrinha, sei lá).
    Pessoalmente acho estranho o principio da confiança funcionar aqui e não funcionar/ter funcionado nos cortes da função pública (para dar apenas um exemplo) daí a achar que eu é estou certa em relação a tudo vai um passo muito grande.
  • Sem imagem de perfil

    Izzie

    20.01.16

    É uma discussão complexa, mesmo para quem tem umas luzes. No caso dos cortes na FP eles acharam que era inconstitucional, mas justificado pelo estado de necessidade da altura, e apenas admissível se temporário. Também não entendo muito bem esta justificação, mas adiante.
    Outra: o corte de dias de férias. Eu tinha 25, mais um por década de vida acima dos 40 anos, e outro por década de serviço, já somava 27. Agora tenho 23. Quando entrei nesta vida, o regime era o de cima. Cadê o meu princípio da confiança e direito adquirido.
    Mais outra, que esta não tenho ouvido por aí: então e o conflito de interesses, que os juízes do TC também saem de lá com direito a uma subvenção (e bem boa, que a Assunção optou por ela e abdicou do salário de presidente da AR)? Oh, snap!
  • Imagem de perfil

    P.

    21.01.16

    O que me encanita o espírito é essa do: é inconstitucional mas admissível (seja lá pelo tempo que for). E no caso das subvenções ser com retroactivos. Parece-me dois pesos e duas medidas.
    E eu não gosto de dois pesos e duas medidas.
    Mas fico irritada qdo vejo gente a ser tão incoerente e com a mania de que sabem tudo quando são como os burros, têm palas e só vêem em frente, à luz das cores partidárias que vestem como se fosse a sua própria pele. E fico sempre com vontade de defender o outro lado.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.