Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

Então essas férias?

18.08.16 | P.

Quais férias? Já foram e os níveis de descanso acumulado já se gastou. Ainda não estou em estado de exaustão mas para lá caminho a passos largos. Voltei de férias há um mês mas os meus colegas foram de férias e estamos com imenso trabalho no escritório. A minha lista de "to do" tem, praticamente desde que voltei de férias, 9 itens porque me limito a fazer o que não pode deixar de ser feito e não consigo despachar o resto. Estou mesmo a ver que só quando estes itens se tornarem urgentes os vou conseguir fazer. Foi das primeiras coisas que aprendi quando comecei a trabalhar "o urgente impede de fazer o importante".

Trabalho, família e, apesar dos dias enormes, o tempo parece pouco.

Ando a ler o livro que comecei nas férias (fiz uma pausa para o o "A gramática do medo", da Maria Manuel Viana e da Patrícia Reis) e estou a adorar. Fantasia épica é mesmo o meu estilo de livro e saber que tenho livros deste autor para ler até ao final da minha vida deixa-se super, mega feliz. Estou cheios de saudades das Crónicas de Gelo e Fogo e o Martin lixou-vos porque nunca mais escreveu a continuação?

Lembram-se do Wheel of time do Robert Jordan? Conhecem o autor que acabou a série? Brandon Sanderson, de seu nome. Anda a escrever como se não houvesse amanhã e eu ando feliz da vida a ler o início da mega série (diz que vão ser 10 volumes) Stormlight Archives. Não vale é pena lerem nada deste senhor em Português. Infelizmente ele é publicado numa editora que tem mania de dividir livros às metades ou não publicar a continuação da série. Inglês, é o meu conselho. 

E mal vejo televisão. Vi, obviamente, as provas de ginástica das Olimpíadas (não consigo ser fã da Biles. Ela é fantástica, eu sei, mas falta-lhe um toque de leveza. Mas amei ver a Mustafina a levar o ouro nas paralelas) e algumas das provas dos Portugueses (não consigo compreender as críticas dos treinadores de bancada neste país. nojo.), partiu-se-me o coração ao ouvir o Fernando Pimenta na canoagem e vibrei com a vitória da Telma Monteiro.

E cheguei à conclusão que não tenho emenda, tenho pena de todos os "cães vadios" deste mundo. Mesmo quando ganha aquele por quem estou a torcer fico cheia de pena dos desgraçados que perderam. O meu marido só me diz "Mas tu estás parva?". Enfim, há quem mude de clube por tem que ser do que está a ganhar, eu sou ao contrário.

E vocês? Já foram de férias?

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.