Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

Alienação de direitos

20.04.16, P.

Ainda fico surpreendida quando me apercebo que há tanta gente, e gente supostamente informada, que não vê mal em expor em blogs e redes sociais as caras e personalidades dos filhos e pais. Crianças e adolescentes, pais e avós, que sem terem o direito de escolha têm os seus 0,5 microssegundos de pseudo-fama são expostos e virtualmente dissecados por amigos, leitores e afins. Não percebo as homenagens aos mortos (pf, deixem-me em paz e na companhia da bicharada quando eu morrer, tá?), os RIP* virtuais, os Parabéns virtuais a pessoas que nem sabem o que é o facebook. No dia da mãe vamos assistir mais uma vez (vamos  é como quem diz, que eu espero andar na folia nesse dia e nem sequer ligar a internet) à sucessão de fotos "mãezinha querida", sendo que a querida mãzinha de alguns estará sozinha em casa só com direito a um telefonema rápido.

Já eu assusto-me todos os dias com a facilidade com que o direito à privacidade e à individualidade nos é retirado ("mas se é a bem da segurança"**) e ainda mais com a facilidade com que nós oferecemos informações e dados pessoais. 

 

 * as siglas nos cemitérios fascinam-me -sim, sou uma pessoa estranha - e no outro dia passei imenso tempo até descobrir o que queria dizer PNAM numa lápide. Mas nada bate o "e o diabo o levou" que um dia encontrei.

**torno-me violenta se me dizem isto novamente