Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

...

22.09.15 | P.

Não tenho falado da situações dos refugiados a não ser para dizer "é tudo tão triste". Não me apetece entrar em discussões banais e inconsequentes quando a única coisa que consigo pensar é que "porra, são pessoas". Parece-me tão surreal ser contra o acolhimento de refugiados como o é fazer manifestações de "welcome" como se estivessemos a receber uma equipa de futebol. Welcome? a sério? Depois de dias, semanas, meses a andar, depois de muros de arame farpado, depois de tiros e gás pimenta (ou mostarda ou lá o que tem sido), se me recebessem com um "welcome" e palmas acho que mandava toda a gente à merda. Parece-me um "Parabéns, ultrapassaram as provas mais difíceis, não morreram pelo caminho, podem receber o nosso aplauso". Sei lá, sinto-me uma hipócrita. Não sei como se ajuda. E não falo de dinheiro, claro. Isso é fácil. Como se resolve a situação destas pessoas? Sinceramente enojam-me igualmente os que se congratulam porque "se nem os nossos ajudamos, como vamos ajudar esses?" como os "temos que recebê-los" e que se sentem os maiores defensores dos direitos humanos porque fizeram a partilha de uma noticia no facebook. Merda para a solidariedade feita de partilhas no facebook. E só de pensar que vão ser construidos campos de refugiados que me cheiram a campos de concentração por esta Europa fora deixa-me danada. Mas não sei qual a alternativa. Raio de mundo nojento este. 

1 comentário

Comentar post