Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

#1 - Uns dias ao avesso

09.11.19 | P.

Foram necessárias 24 para chegar a Brisbane. Dois voos em 24 horas para chegar ao avesso de Portugal. Surpreendentemente, ou não, sinto uma imensa proximidade a esta terra. O mesmo clima, os mesmos problemas - também aqui o céu está coberto de fumo dos fogos florestais, também aqui o calor é sufocante, também aqui há turistas em cada ponto.

Quando comecei esta aventura das viagens em trabalho tinha 25 anos e não sabia viajar. Faltava-me a experiência de aeroporto, a mala trazia coisas a mais e a menos, viajava pesada e demasiado formal. Ainda me rio só de pensar que, nas primeiras viagens, vinha de saltos. Tinham-me dito que tinha alguma responsabilidade e que viajar em trabalho não era a mesma coisa que viajar em lazer. E não é... há horas para acordar, trabalho para fazer e temos sempre que ter em mente que as pessoas que encontramos "nos copos" são as mesmas que encontramos no dia seguinte em contexto de trabalho. E são as mesmas pessoas que encontramos no ano seguinte e no ano seguinte a esse, o que significa que em cada momento estamos de facto a construir a nossa reputação. Pessoalmente, quando venho a estas coisas venho em "modo trabalho" sempre mas isso não me faz qq diferença - nunca dependi de álcool para me divertir.

Mas falava da forma como viajo hoje em comparação com a forma como viajava há 15 anos. Hoje, a mala faz-se em menos de 1 hora. 1 muda de roupa para cada dia + 1 extra. Roupa confortável para o avião - com ténis, de preferência - a malta incha sempre um bocadinho. Dois ou três dias antes uma aspirina 100 (quando as viagens são longas) para evitar problemas de má circulação, nada de bebidas com gás no dia anterior ou no voo, muita água, cremes hidratantes em barda, pingos para o nariz e um livro ou ereader na mala. 

(isto continua mas agora tenho um museu para ir visitar...)

1 comentário

Comentar post