Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

Rabiscos Soltos

#FIquemEmCasa Em tempos de isolamento social um blog pode ser uma janela para mundo. Fiquem em casa. Leiam. Escrevam. Ajudem. Sejam melhores. Sejam maiores. Mas fiquem em casa.

ponto de situação

02.04.20, P.
Ainda não me fartei de estar em casa, ainda não fiz (quase) nada das coisas que gostava de aproveitar para fazer, ainda não entrei em stress, ainda não tenho vontade de matar nenhum dos outros ocupantes da casa. Já devo ter engordado vários quilos porque faço pouco exercício mas imensa comida. Não tive ainda tempo para ver filmes e séries, uns atrás dos outros. Já me habituei a desligar o telemóvel depois do jantar e só o ligar de manhã. Ando a ler, não ao ritmo a que (...)

em teletrabalho

31.03.20, P.
Não é, para mim, propriamente uma novidade. Trabalho "de casa" com alguma regularidade e, por isso, não passei por nenhum período de adaptação, não tive qualquer dificuldade logística ou informática.  Bem, na verdade, como agora somos 2 em teletrabalho simultâneo tivemos que fazer algum investimento para transformar a sala num escritório para 2. Cadeiras confortáveis para 2, ecrãs para 2 (só tínhamos 1 mas foi só ir à empresa buscar o outro) e depois desistir de ter mesa (...)

...

28.03.20, P.
Não sei quanto a vocês mas eu começo a sentir-me sobrecarregada com informação. E ainda assim tenho uma dificuldade enorme em parar de a consumir. Como se saber os números do COVID no nosso e noutros países pudesse ajudar nalguma coisa. Como se ajudasse a ter o controlo sobre alguma coisa. E acabo por ver o mesmo, vezes sem conta. Apetece-me desligar tudo por uns dias. Parar. Ficar em verdadeiro isolamento social. Parece que agora, mais que nunca, a comunicação é uma coisa (...)

tudo é relativo

27.03.20, P.
Com o estado de emergência veio a definição de bem essencial que permite que as lojas que vendam esse produto se mantenham abertas. Pelas msgs que tenho recebido essa definição está cada vez mais lata. Acabamos esta "quarentena" em estado de emergência, com todas as lojas abertas e com pessoal na praia. haja paciência #FiquemEmCasa

A esola acabou. E agora?

27.03.20, P.
Devo começar por dizer que não sou professora nem tenho filhos em idade escolar. Fui aluna durante muitos anos, acompanhei várias crianças ao longo do seu percurso escolar e, como filha, prima e amiga de professores, ouço-os bastante.  Ao longo das últimas semanas tenho ouvido várias opiniões. Tenho ouvido pais cansados com a quantidade de trabalhos que os filhos têm para fazer - e agora que também são meio professores a coisa fica diferente; tenho ouvido professores (...)

Compras em tempo de pandemia

26.03.20, P.
Sou cliente assídua do continente online com entrega em casa. Dá-me jeito, (acho que) poupo dinheiro e tempo. Antes disto tudo começar, nós fizemos uma compra grande e preparámos os armários para uma possível quarentena de cerca duas semanas. Era o tempo que, na altura, se pensava ser necessário. Para além das compras habituais no continente online, fui ao talho do costume e comprei carne para muito mais tempo do que o habitual, à frutaria do costume, à loja de produtos (...)

aprender a partilhar

23.03.20, P.
Eu tenho a sorte de ter amigos espectaculares e que me fazem pensar e ser mais e melhor. Uma dessas pessoas é a Joana que, às vezes, muitas vezes, partilha connosco textos, pensamentos e reflexões. Numa época em que somos obrigados a viver isolados, em que se torna impossível ignorar quem somos, encontrar formas de comunicação e de crescimento é tão importante quanto ter comida no frigorífico. Eu tenho alguma (...)

Estais aborrecidos???

18.03.20, P.
Ainda gostava de saber como raio as pessoas têm tempo para se sentir aborrecidas só por causa deste isolamento. Eu percebo as que estão à beira de um ataque de nervos porque têm uma casa minúscula e subitamente têm dois ou três gaiatos a saltitar por todo o lado. Eu percebo o medo desta doença nos mudar a vida. Percebo o medo de quem tem "mais velhos" a seu cargo, percebo a preocupação de lhes passar qq coisa).  Mas não percebo o aborrecimento. E queria perceber. É que eu (...)

Vivemos tempos... interessantes

17.03.20, P.
Tive que ir ver de quando era o último post, já não me lembrava quando tinha vindo escrever aqui qualquer coisa. Foram pouco mais de dois meses mas bem podia ter sido uma vida, não é? tudo mudou entretanto. O mais óbvio é que estamos em quarentena. Acho que quando escrevi o último post ainda não estava ciente do que se estava passar no mundo mas esta foi uma situação que tenho acompanhado dia a dia. Primeiro a situação da china que me deixava com uma tristeza imensa e furiosa (...)