Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rabiscos Soltos

Rabiscos Soltos

Pessimismo

Aguentei estoicamente a grande crise (e as pequenas também) mantendo um certo optimismo baseado na minha fé na humanidade. Em tempos de crise os Portugueses têm 2 coisas maravilhosas: são generosos e desenrascam-se. E acreditava que, no fundo, somos boas pessoas. 

Os últimos tempos, com especial atenção para as últimas semanas, destruíram essa minha fé. 

São as pequenas coisas que minam o meu optimismo.

O veneno das redes sociais quando, sob a coragem do anonimato ou das personagens virtuais, destilamos uns sobre os outros. A vontade de destruir, espezinhar os mais fracos. Quando temos a possibilidade de nos reinventarmos escolhemos transformar-nos em alguém que tem prazer em diminuir os outros, em humilhar. 

As lutas politicas que nos embruteceram e estupidificaram. A total falta de humildade. A certeza de que sabemos tudo e que dominamos todos os assuntos e que quem não concorda connosco é burro ou está errado.

A desumanização do ser humano que nos faz olhar para um refugiado ou um muçulmano e não ver uma pessoa. 

O racismo, a xenofobia, a homofobia que existe transversalmente na sociedade.

A ignorância relativamente a tanta coisa mas especificamente em relação ao quão privilegiados somos.

A falta de sábios. As pessoas que admiramos hoje em dia têm pouco de sábios. Esses não vencem, não são reconhecidos, não são lembrados.

Ouvir alguém dizer: "não sabia que o meu voto conta".

Uso a primeira pessoa do plural neste texto porque sei que também eu me incluo aqui. Engana-se quem acha que não se insere em nenhum destes pontos. A diferença é na intenção. Tento (e dou por mim muitas vezes a) pôr-me no lugar dos outros. E percebo que às vezes magoo sem ter intenção. E aprendo. E (tento) não voltar a repetir.

 

publicado às 23:13

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D