Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

Rabiscos Soltos

Este país, este mundo, não é para velhos

Passo os olhos pelas notícias e vejo que este ano o irs só pode ser entregue em formato electrónico. Não duvido que a maioria das pessoas da minha geração, ao ver essa notícia, pensa algo do género “ora até que enfim, no mundo online em que vivemos nem faz sentido outra coisa”. Eu, desde que comecei a minha carreira contributiva, só entrego o irs assim, via electrónica. Não sei o que é ir para as finanças entregar papéis, acho uma perda de tempo ter que ir pessoalmente fazer coisas que podem perfeitamente ser feitas através da internet.

Mas ainda assim esta notícia deixa-me com um nó na garganta porque sei que é mais uma machadada na autonomia de tanta gente.

Num país, num mundo, onde os mais velhos são um dos pilares da sociedade – temos a tendência a falar dos pensionistas como um cargo para o estado esquecendo, não só o contributo que sempre deram para construir a sociedade que temos, como o património que têm assim como o suporte que dão a filhos e netos que não ganham o suficiente para as suas necessidades.  Ora boa parte destes pensionistas têm a sua rotina e o controlo das suas vidas – e isso inclui fazer e entregar o irs.

Podem dizer-me que “os filhos e netos que os ajudem” e sim, é muito importante darmos apoio aos nossos velhos, ajudarmo-los a viver num mundo que todos os dias lhes é roubado porque a parte a que não conseguem aceder – a virtual – lhes está vedada. Está-lhes vedada, não por culpa ou escolha deles mas porque a idade já não lhes permite aprender o suficiente para tal.

Podia agora falar do fecho dos correios que vai obrigar a que estes velhos sejam obrigados a deixar de ir receber a sua pensão pessoalmente – e que lhes vai retirar autonomia.

Podia falar de todos aqueles que não sendo velhos, nem reformados, não têm apetência para a informática, para as virtualidades e que vão ter que pagar a quem lhes faça isto – e que não tendo dinheiro vão acabar por escolher contabilistas e solicitadores de vão de escada que, com ou sem intenção, os vão enganar.

Podia falar de tantas coisas que me tenho apercebido nos últimos tempos e que me leva a acreditar no título deste post. Este país, este mundo, não é para velhos.

publicado às 12:21

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D