Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos Soltos

Rabiscos Soltos

Definitivamente o meu gato não joga com o baralho completo

Pela primeira vez* (em quase quatro anos de existência) o meu gato ficou doente. Ora um gato normal, quando fica doente, fica quieto, a um canto, sem vontade de brincar, com "ar doente". Mas o meu gato? O meu gato, não. O meu gato tem que ser diferente. O meu gato quanto fica doente fica com mais energia do que nunca, reclama do mundo inteiro (tipo velho dos marretas), mia desalmadamente, resmunga, morde e só sossega quando está ao colo, aninhado nas minhas pernas. O normal, ptto, mas com uma boa dose de mau comportamento. Passámos 3 dias a ameaçá-lo que era desta que ia à faca, que estava fora de questão aturá-lo assim, pensando (como seria normal) que era tudo uma questão de hormonas, que alguma das gatas do prédio estaria com o cio e que isto não era mais do que o "Janeiro". Mas afinal comeu qualquer coisa que lhe fez mal e andava aflito, tadito. Entretanto já voltou ao normal e é, novamente, o gato que me deixa dormir a noite inteira. Safou-se da faca mais uma vez.

 

*acho que foi a primeira vez mas talvez alguma das fases passadas de loucura também tivessem outro significado

publicado às 10:11

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D